Implantes

Hormônais

Clínica Médica - Instituto Trizi

 Na forma de Pellets que são absorvíveis ou Silasticos que são pequenos tubos de silicone, inseridos acima das nádegas. Os implantes possuem a dosagem personalizada e necessária para cada paciente, que será liberada no organismo gradativamente, durante seu tempo de uso, pré-estabelecido, de 6 meses a 1 ano.

No mercado hoje, encontram-se 5 tipos de hormônios disponíveis no formato de implante:

Testosterona e estrogênio - São bioidênticos, sem prejuízo para saúde e nem riscos de câncer , muito usados na deficiência hormonal na menopausa, sendo que a testosterona tem indicação na aquisição de massa muscular mesmo antes da menopausa, que é a última menstruação da mulher;
Gestrinona: trata muitas doenças ginecológicas, através de um bloqueio hormonal - endometriose, miomatose uterina; 
Nestorone: trata a endometriose e funciona como um anticoncepcional;
Nomegestrol: funciona como método contraceptivo;
Ressaltando que não devem ser utilizados apenas para fim de estética, os implantes hormonais são uma opção de tratamento ginecológico para endometriose, adenomiose, miomas, TPM, reposição hormonal da menopausa, ou mesmo como método contraceptivo.

Trazem como benefícios a melhora da libido, a interrupção das menstruações (eliminando cólicas e TPMs), além de favorecer o ganho de massa magra e redução da gordura copórea e celulite (efeitos benéficos secundários, considerados colateral ao tratamento).